Visão e Missão, com Metas e Objetivos são ações necessárias, ou meras palavras da moda.
28/12/2011
As 4 Etapas do Declínio da Empresa.
14/03/2012

A Ciência e o Espírito nas Organizações.

05/03/2012

Para o Espírito não existe tempo, tamanho e espaço, com Ele você é capaz de entender a vida, seus colaboradores, o comportamento e ver as coisas com uma visão macro, enxergar e planejar a longo prazo.

 

A ciência é a única forma confiável para entender o mundo natural, por meio das ferramentas científicas. Quando elas são utilizadas de maneira adequada podem gerar profundos discernimentos da existência material. Entretanto, é incapaz de responder a questões, tais como: “Qual é o sentido da existência humana?”. Já o espírito discerne com clareza as coisas do Espírito e responde à todas as questões intangíveis, que se refletem na inquietude humana. O domínio da ciência está em explorar a natureza. O domínio de Deus encontra-se no mundo espiritual, um campo que não é possível esquadrinhar com instrumentos e linguagem científica. O que é nascido da carne é carne e o que é nascido do Espírito é espírito. Assim entendemos as coisas do Espírito apenas com o espírito e não com a mente e a ciência.

 

Uma das necessidades mais fortes da humanidade é encontrar respostas para as questões mais profundas, e para isso temos que apanhar as perspectivas da ciência e do espírito, para buscar a compreensão do que vemos e do que não vemos. O maior alimento para motivação da vida é entendê-la. Por isso os gestores e doutores em RH não estão obtendo o sucesso que gostariam, pois querem explicar e influenciar a motivação pessoal de cada um de seus colaboradores com a ciência e a mente, deixando assim um espaço vazio, que são as perguntas não respondidas pela falta de entendimento da existência de Deus e do espírito.

 

A espiritualidade nas organizações está voltada tanto para ciência como para o espírito. Na verdade, busca o equilíbrio entre as três partes do ser, que são o corpo, a mente e o espírito. Não podemos viver bem se vivemos separados de nós mesmos, assim estamos sempre buscando algo para tentar suprir uma necessidade existente, que é o alimento espiritual, mas como não vemos essa necessidade com o espírito, não entendemos que ela é do espírito. É melhor alimentar o espírito que sacrificar a ciência e/ou a mente. Para evitar o mal basta alimentar o bem. Para melhorar o clima organizacional e motivar os colaboradores basta alimentar o espírito, amor, que conseqüentemente motivará a vida.

 

O resultado financeiro é a conseqüência da estratégia de marketing planejada e praticada na organização, com sua devida avaliação e controle. Dê a oportunidade para você mesmo de entender as coisas do Espírito, pois para Ele não existe tempo, tamanho e espaço, com Ele você será capaz de entender a vida e ver as coisas com uma visão macro, enxergar e planejar a longo prazo. Por isso falamos que O Marketing é o Espírito da Coisa!

 

Por Paulo Eduardo Dubiel

Executivo em Gestão de Marketing e Negócios, Esp.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *